REC – Resenha

REC

Passada a época dos blockbusters de Halloween, que trouxe Jogos Mortais V aos cinemas nacionais, os fãs de um bom filme de terror não terão tempo para se recuperar. Com estréia prevista para o dia 14 de novembro, chega ao Brasil um dos filmes mais badalados da temporada na Europa: REC, dos espanhóis Jaume Balagueró e Paco Plaza. Com uma trama simples e eficiente, a dupla conseguiu agradar tanto ao público quanto à crítica em seu país de origem. Além do sucesso no Velho Continente, REC chegou ao cenário norte-americano silencioso e também fez bastante sucesso. A comprovação veio através da rapidez com que sua idéia foi comprada por Hollywood, que lançou uma refilmagem em poucos meses.

A simplicidade da produção, que se passa em locações reais – segundo o IMDb, não foram construídos cenários para o filme – e um elenco enxuto e eficiente são algumas das características mais marcantes. Toda a ação é acompanhada do ponto de vista de uma equipe de televisão. E o mote é básico: um programa noturno de televisão envia dois profissionais – uma repórter e um câmera – para acompanhar uma noite em um quartel de bombeiros da capital espanhola. Depois de algumas horas de monotonia, um chamado muda tudo e agita a noite. No local, um simples resgate de uma senhora ferida se transforma em um pesadelo para todos os habitantes do prédio e para os que lá foram para tentar ajudar. Logo depois que a mulher ataca um policial e o fere mortalmente, o edifício é lacrado pelo governo e todos ficam presos, sem a menor explicação.

Com o sucesso no exterior, espera-se que seja bem recebido no País. Lá fora, já ganhou uma refilmagem, Quarantine (2008), estrelado por Jennifer Carpenter, a protagonista de O Exorcismo de Emily Rose. Infelizmente, não há muitas informações sobre os rendimentos de REC nas bilheterias. Já seu remake foi muito bem e superou em muito seu orçamento de cerca de US$ 12 milhões, faturando mais de US$ 30 milhões em menos de um mês de exibição. O original é distribuído pela California Filmes. André Cavallini.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s