7. Hypnos – Passaporte para a Loucura

Ficha Técnica

Nome nacional: Hypnos – Passaporte para a Loucura

Nome original: Hipnos

Ano de produção: 2004 (08/10/2004)

País de produção: Espanha

Direção: David Carreras

Roteiro: David Carreras e Juanma Ruiz Córdoba, sobre o livro de Javier Azpeitia

Elenco: Cristina Brondo, Demián Bichir, Féodor Atkine

Duração: 89min

Distribuidora: Flashstar

Resenha:

Beatriz Vargas é uma moça que aceita um trabalho na clínica psiquiátrica do Dr. Sanchez Blanch, instituição que cuida de pessoas com sérios traumas psicológicos e especializada no uso da hipnose para ajudar no tratamento. Logo ao chegar, Beatriz fica encantada com uma menina que está internada e com quem rapidamente faz amizade.

Ainda em seu primeiro dia na clínica, Beatriz tem a clara impressão de estar sendo observada a cada passo. Essa sensação aumenta durante a noite quando, durante o banho, tem certeza de que há alguém a vigiando. Assustada, ela persegue a sombra que lhe observava e acaba por ver uma sessão de terapia do Dr. Blanch com sua nova amiga. Beatriz silenciosamente se aproxima e observa de perto o modo como o médico conduz a hipnoterapia com a criança. Porém, a moça fica assustada ao ver o modo como Blanch descreve o suicídio para a menina e foge para seu quarto. Na noite seguinte, algo terrível acontece: a criança aparece morta.

Beatriz decide investigar a causa da morte da menina e tudo leva a crer que foi suicídio, exatamente como ela ouviu o médico descrever para a garotinha durante a hipnose. Determinada a descobrir as intenções do doutor, Beatriz passa a acompanhar todas as sessões conduzidas por ele, se oferecendo para ser assistente do médico. Com isso, ela tem contato com um novo paciente, Miguel, que sofre de amnésia.

Conforme Beatriz trabalha com Miguel e vê o progresso do novo paciente sob o tratamento de Blanch, a moça descobre que o paciente é na verdade um policial infiltrado para descobrir a causa de diversas mortes que já ocorreram na clínica. Porém, quando Beatriz se aproxima da verdade, passa a sofrer com terríveis alucinações e pesadelos, o que a leva a questionar se o que busca é real ou fruto de sua imaginação.

Hypnos – Passaporte para a Loucura é um filme espanhol que chegou ao Brasil há alguns anos diretamente em DVD e não fez muito barulho. No entanto, ele faz parte de uma leva de bons filmes de terror e suspense produzidos na Espanha. A trama é conduzida com muito suspense e alguns sustos por David Carreras, cineasta que não é conhecido no Brasil e que em sua terra natal fez carreira nos bastidores da televisão. Entretanto, Carreras entrega um trabalho digno de uma conferida.

A trama não é muito inovadora, mas consegue conduzir o espectador ao ambiente de incertezas e de loucura em que a protagonista se mete e faz com que nunca tenhamos a certeza de que ela é a mocinha e o doutor é o vilão, o que muda constantemente no decorrer do filme. Destaque para a atuação de Demián Bichir no papel de Miguel, que entra no filme para dar o revés na história. Bastante recomendado.

Nota: 7

~ por andre1979 em 07/07/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: