9. Rec 2 – Possuídos

Ficha Técnica

Nome nacional: Rec 2 – Possuídos ou [REC]2

Nome original: [REC]2

Ano de produção: 2009 (estreou em 2/9/2009)

País de produção: Espanha

Direção: Jaume Balagueró e Paco Plaza

Roteiro: Jaume Balagueró, Paco Plaza e Manu Díez

Elenco: Manuela Velazco, Jonathan Mellor e Óscar Zafra

Duração: 85min

Distribuidora: PlayArte

 

Resenha:

Em 2007, Jaume Balagueró e Paco Plaza escreveram e dirigiram um dos maiores e mais rápidos sucessos mundiais do cinema independente espanhol: [REC], lançado no Brasil pela California Filmes. Tive o prazer de assistir em uma das poucas exibições feitas para a imprensa e fazia muito tempo que eu não levava uns bons sustos no cinema. Gostei demais do filme, sua trama bem amarrada, clima sufocante e tenso do começo ao fim. Deixo maiores comentários para a resenha que escreverei posteriormente sobre o primeiro filme, já que o foco aqui é o segundo, que há poucas semanas chegou às prateleiras, pela PlayArte. E esta segunda parte da trama começa justamente do final do filme de 2007.

Depois que a equipe de TV e os bombeiros entraram num velho prédio de Madri para atender a um estranho chamado e acabaram ficando isolados, muita comoção rolou do lado de fora, enquanto lá dentro as pessoas foram sumindo ou se transformando em seres violentos e demoníacos. Sem saber exatamente o que aconteceu lá dentro, uma equipe de elite da polícia, composta por 4 homens, se reúne para uma invasão tática com um membro da comissão de saúde para averiguar de perto os eventos no interior do prédio.

Já dentro de onde toda a ação se passou, a equipe começa a se dar conta do que aconteceu, com muito sangue no chão, logo no primeiro andar. O médico retira sua máscara e diz a eles que a infecção não é contagiosa de nenhuma outra forma a não pelo contato com sangue. Sem entender o que se passou de verdade, os policiais rapidamente questionam o médico, já que eles foram informados que a missão se tratava do isolamento de um vírus transmitido pelo ar. O médico desconversa e eles caminham prédio adentro.

Quando a equipe é atacada por uma mulher toda ensaguentada e de olhar vidrado e raivoso, e um dos policiais é infectado e em poucos minutos fica possuído como ela, não resta outra saída a não ser exterminar a ameaça e fugir. Suspeitosos de que tudo não passa de uma armação do governo, os policiais questionam novamente o médico e descobrem que ele na verdade é um padre e que a missão consiste em recolher uma amostra do sangue de um dos possuídos, aquela que gerou toda a contaminação. Ao mesmo tempo, uma outra turma invade o prédio, sem ter a menor ideia de o que está acontecendo e o que os espera lá dentro.

Vou deixar o restante da história para o espectador ver com seus próprios olhos, pois a trama tem cada momento ligado aos eventos que acontecerão no futuro, logo, qualquer detalhe revelado pode estragar a diversão de ver Rec 2 – Possuídos em casa. As recomendações são várias, o filme tem apenas um defeito: é curto demais e quando as coisas ficam boas de verdade, o filme acaba. Mas ele reserva ótimas surpresas. Mas, e reforço muito esse “mas”, é obrigatório que o primeiro filme tenha sido visto antes que o novo seja consumido. A história é literalmente sequencial, logo, o espectador que não souber o que houve antes ficará boiando nesta sequência.

Como último comentário, Balagueró e Plaza incluíram algumas modernidades tecnológicas neste filme, atualizando as câmeras que acompanham a ação. Vale lembrar que o filme é visto em primeira pessoa, ou seja, todos os planos são observados ora como a câmera do documentarista, ora como a visão do capacete dos policiais. E isso é um dos charmes da série. Ótima diversão!

 

Nota: 7

 

~ por andre1979 em 09/07/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: