30. Dia dos Mortos de George A. Romero

Ficha Técnica

Nome nacional: Dia dos Mortos

Nome original: Day of the Dead

Ano de produção: 1985

País de produção: EUA

Direção: George A. Romero

Roteiro: George A. Romero

Elenco: Lori Cardille, Terry Alexander e Joseph Pilato

Duração: 100min

Distribuidora: NBO Entertainment (DVD e Blu-ray)

Resenha:

Fechando a primeira trilogia dos mortos, George A. Romero caprichou na crítica ao militarismo norte-americano e colocou seus personagens e seus monstros (que não sabe-se diferenciar se os vilões são o homem ou os zumbis) em uma situação de total isolamento e desespero dentro de uma base militar cercada por uma legião de mortos vivos. Se para o brasileiro é mais complicado identificar-se com as críticas, fica o espetáculo visual que o diretor cria e os momentos de muita tensão e violência que a situação oferece. Visto hoje, talvez os efeitos de maquiagem pareçam toscos, por vezes distantes da perfeição que os magos da computação deste ramo conseguem criar. Todavia, tudo funciona muito bem nesta pérola do cinema de terror, Dia dos Mortos.

Enquanto sobrevoam de helicóptero os arredores de uma base militar subterrânea, uma equipe de sobreviventes (que inclui civis e militares) busca algum sinal da existência de um local seguro para a humanidade poder recomeçar. O cenário, no entanto, não é nada promissor, por a cada dia mais zumbis se acumulam do lado de fora do refúgio. Do lado de dentro, a situação também não é das melhores, já que o estoque de água e de comida está no fim e a tensão entre os civis e os remanescentes do exército estão dando sinais de que a convivência pacífica entre eles está acabando. Isso acontece por que os soldados querem que todos os sobreviventes se submetam ao regime que eles querem impor, já que estão refugiados em uma base que pertence ao exército.

Uma possível solução para o problema está na pesquisa de um cientista, que está conduzindo uma série de testes com alguns zumbis para tentar achar uma cura para o contágio. Um dos espécimes do doutor é um morto vivo que demonstra sinais de que ainda mantém em seu cérebro informações de como era a sua vida antes dos misteriosos eventos que mudaram a face da Terra. Só que os militares não enxergam tais experimentos com bons olhos e querem por um fim nos trabalhos do cientista. Do seu lado, apenas os civis, que ainda acham que pode haver salvação para o planeta.

Depois das crises de convívio e da falta de suprimentos, um novo problema ameaça o refúgio dos sobreviventes: os zumbis encontraram uma entrada alternativa para o local e os humanos agora estão encurralados. Com a ameaça dos mortos vivos chegando cada vez mais perto, só resta aos que restaram encontrar o mitológico local em que uma nova sociedade começará.

Dia dos Mortos é um ótimo filme de terror, um dos melhores trabalhos de Romero e fecha sua primeira trilogia com chave de ouro. A versão que chegou ao Brasil em Blu-ray contém alguns extras interessantes como comentários do diretor, de Tom Savini, do produtor e da protagonista, cenas de bastidores, making of e mais entrevistas e comentários em áudio. O áudio e o vídeo estão com ótima qualidade, aumentando a experiência de se ver o filme. O DVD também é legal e pode ser encontrado em diversas lojas. Imperdível e precisa estar na coleção do fã.

Nota: 8

Um comentário em “30. Dia dos Mortos de George A. Romero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s