42. O Chamado

Ficha Técnica

Nome nacional: O Chamado

Nome original: The Ring

Ano de produção: 2002

País de produção: EUA e Japão

Direção: Gore Verbinski

Roteiro: Ehren Kruger, baseado no livro de Kôji Suziki

Elenco: Naomi Watts, Martin Henderson, Brian Cox, Amber Tamblyn, Daveigh Chase

Duração: 115min

Distribuidora: Universal

 

Resenha:

Em 1998, os japoneses Hideo Nakata (direção) e Hiroshi Takahashi (roteiro) resolveram adaptar para o cinema o livro Ringu, de Kôji Suzuki, escrito em 1991. Com o terror oriental em alta, em especial o japonês (batizado de J-Horror), não é preciso dizer que a adaptação para o cinema fez muito sucesso, chegando até as portas de Hollywood. Com muito clima e momentos de arrepiar, Ringu (cujo nome nacional é O Chamado, dado depois do sucesso da versão norte-americana) ganhou o público e era questão de tempo até ganhar um remake nos EUA.

Em 2002, Gore Verbinski assumiu a rédea de O Chamado, adaptação hollywwodiana do sucesso de Ringu, com um orçamento grande para um filme de terror (perto dos US$ 48 milhões) e um casting de bons atores e o suporte da DreamWorks, empresa de Steven Spielberg. Hoje, Verbinski é famoso mundialmente depois do sucesso da série Piratas do Caribe, começada por ele em 2003, logo depois do estouro de O Chamado. Antes deste filme de terror, o cineasta havia feito apenas dois longas, sendo um deles A Mexicana, estrelado por Julia Roberts e Brad Pitt.

A versão norte-americana de O Chamado não manteve o mesmo clima denso e escuro da versão japonesa, mas conseguiu incluir momentos de suspense criado com muito cuidado e bons efeitos especiais. Naomi Watts rouba a cena como a protagonista, ao lado da pavorosa Samara, o fantasma que faz diversas vítimas com sua maldição.

A trama de O Chamado é construída em torno da história de uma misteriosa fita de vídeo cujo conteúdo chama a atenção de diversos jovens e mais parece uma lenda urbana. Mito ou não, uma série de mortes bizarras começa a acontecer depois que vários adolescentes começam a ter acesso à tal fita e dias depois são encontrados mortos, estranhamente deformados e sem traços de terem sido atacados por alguma pessoa.

A quarta vítima da maldição era sobrinha de Rachel Keller (Naomi Watts), uma jornalista. Rachel decide investigar o que aconteceu. Ela encontra a tal fita e fica sabendo da lenda que corre por aí de que quem assiste ao conteúdo do vídeo é amaldiçoado e morre misteriosamente sete dias após ter apertado play pela primeira vez. Porém, Rachel só descobre isso depois que ela viu a maldita VHS. Enquanto ela está em perigo, a investigação segue uma toada tensa. No entanto, quando o filho pequeno da repórter também vê o vídeo, Rachel entra num frenesi para encontrar uma solução para a maldição antes que seus sete dias passem e ela nada possa fazer para evitar a morte de seu pequeno.

O Chamado é um filme interessante e o ideal é que seja visto sem antes haver contato com o original japonês. O barato é ver um sem ver o outro para evitar comparações. Apesar de serem baseados no mesmo original, muita coisa da versão hollywoodiana foi adaptada para o público internacional e não repete o mesmo ambiente da versão japonesa. Merece uma conferida e é diversão garantida. Se o telefone tocar logo depois de ver o filme, não atenda ou… já sabe!

Quer tentar a sorte? Eis o vídeo que a fita contém. Tem coragem? 🙂

Nota: 8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s