47. Doce Vingança

Ficha Técnica

Nome nacional: Doce Vingança

Nome original: I Spit on Your Grave

Ano de produção: 2010

País de produção: EUA

Direção: Steven R. Moore

Roteiro: Stuart Morse, baseado no roteiro original de Meir Zarchi

Elenco: Sarah Butler, Jeff Branson, Andrew Howard

Duração: 108min

Distribuidora: Paris Filmes

Resenha:

Nos últimos anos, uma série de refilmagens tem chegado aos cinemas (ou diretamente em DVD, em alguns casos). Muitos títulos considerados clássicos e até censurados na época de seus lançamentos foram adaptados para o momento atual, com altas doses de violência. Alguns ficam bons, outros nem tanto. Posso citar alguns exemplos de remakes que deram certo, como A Hora do Pesadelo, Viagem Maldita, O Massacre da Serra Elétrica e A Última Casa, para citar alguns. Falando de uma produção mais recente, lançada em 2011, Doce Vingança se encaixa nesse formato de filme e pode ser colocado na lista dos bem feitos.

Em 1978, um certo filme chamado I Spit on Your Grave foi lançado nos Estados Unidos e foi bombardeado pela censura e pela crítica, sendo banido de vários países por conter cenas de violência explícita. No Brasil, o filme chegou como A Vingança de Jennifer, título que traduz bem o que o filme mostra e o que se mantém inalterado em Doce Vingança. Jennifer Hills (Butler) é uma bela mulher que ganha a vida como escritora de romances. Ela decide deixar de lado o agito da cidade para se concentrar em seu próximo livro. Então, Jennifer parte para um retiro em uma cabana isolada em uma floresta que cerca uma pequena cidade.

Se estabelecendo na pequena comunidade, Jennifer faz algumas compras e atrai a atenção de uns rapazes locais, que passam a observar atentamente a forasteira, ao ponto de segui-la até a cabana. Só que eles vão longe demais ao invadir a casa e atacar a moça. Repetidamente, cada um deles bate e violenta Jennifer. Quando ela pensa que a ajuda chegou ao ver um policial se aproximar, percebe que ele também está com os marginais e também tira a sua casquinha da já abatida mulher. Eles levam Jennifer para o meio da floresta, onde continuam os atos de brutalidade contra ela. Mas quando eles pensam que ela já não tem mais forças para sequer se levantar, ela consegue correr deles e se joga no riacho que corta a região, desaparecendo. Dada como morta pelo bando, Jennifer consegue sobreviver à violência e retorna para retribuir o “carinho” que ela recebeu de cada um deles. E ela faz isso de forma metódica e sem deixar sobreviventes para contar a história.

Doce Vingança tem o roteiro basicamente igual ao seu original, A Vingança de Jennifer, com algumas mudanças essenciais para atualizar a trama. Se no antigo a protagonista era uma moça querendo se estabelecer profissionalmente, no atual ela já possui uma carreira e tem plenos recursos para se dar ao luxo de tirar umas férias da cidade e viver bem no interior. Isso, pelo que entendo, aproxima Jennifer das mulheres de hoje, independentes, fortes e sem nada a dever para os homens. E isso fica ainda mais evidente na brutalidade muito mais explícita com que a protagonista executa sua vingança contra seus agressores.

A direção de Doce Vingança é de Steven R. Monroe, que já caminhou pelo terror algumas vezes antes com Terror na Escuridão e Aprisionados, produções até que interessantes. O roteiro foi (re)escrito por Stuart Morse, cujo currículo se resume a apenas uma linha, incluindo o filme aqui resenhado. Não que isso seja demérito, já que o original de 1978 também foi escrito e dirigido por um novato à época e aqui estamos falando de sua refilmagem.

Se o leitor gosta de filmes fortes e com cenas de provocar arrepios (não de medo mas de aflição), Doce Vingança é um prato cheio. Para mim, fica mais a recomendação por ser uma história atual, bem conduzida e que segue uma linha de violência estilizada que parece estar se tornando padrão depois de Jogos Mortais.

Nota: 8,5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s