Sentimentos Mortais

Assisti ao filme Sentimentos Mortais, uma produção original da série After Dark lançada no Brasil pela California Filmes. Eu já estava ensaiando para ver o filme desde que ele foi lançado para as locadoras, mas ainda faltava dar aquele estalo motivador, sabe? Pois tive esse lampejo de vontade e acabei conferindo o DVD. Não me arrependi.

Antes de falar do filme, quero agradecer à California por trazer para o Brasil as produções recentes da After Dark, pois elas são bastante interessantes e, apesar de não ser o gênero mais popular, o Terror está carente de boas novidades.

Bom, Sentimentos Mortais narra a história de Seth e Jonah, irmãos gêmeos cuja ligação vai além do simples carinho e preocupação. Na verdade, os dois possuem um poder especial quando juntos – a telecinese. E isso vai além da habilidade de mover objetos, ao darem as mãos e focarem um objetivo, eles conseguem entrar na mente de qualquer pessoa e criar uma realidade segundo a vontade deles. Com isso, Seth e Jonah podem fazer o que quiserem, como e onde tiverem vontade, sem que ninguém tenha qualquer lembrança de que algo aconteceu.

A primeira cena do filme já dá uma ideia do quanto os gêmeos são poderosos e psicóticos: em uma festa promovida por colegas de escola, o porão da casa onde rola o evento é palco de um jogo tenso de roleta russa. Um grupo de rapazes gira uma arma carregada sobre a mesa e, para quem ela apontar, o dedo na gatilho representa uma chance de morrer. Só que esse jogo tem uma variação perigosa, já que Seth e Jonah estão observando de perto o que se passa e podem levar a brincadeira a níveis perigosos de verdade. O resultado óbvio da roleta é mortal. E isso é só o começo.

Conforme o tempo passa, o espectador começa a conhecer mais sobre a história dos gêmeos e o que eles são capazes de fazer. E por mais tedioso que isso possa parecer, já que fica clara a rota destrutiva da dupla, o filme não cai em termos de tensão. A causa disso é um outro personagem, um detetive cuja tarefa árdua é achar alguma evidência que ligue os crimes que estão acontecendo na escola aos dois irmãos. Para temperar a trama, um envolvimento romântico surge e parece que será a ruína da ‘união’ inabalável de Seth e Jonah, já que o ciúme possessivo que rola entre eles é mais intenso que a tendência homicida deles.

É isso. O que eu podia falar do enredo e suas complicações, está dito. Sobre os efeitos, o sangue/gore e afins, o filme é interessante, bem produzidinho e honesto. Tem cenas de alucinação bem feitas, o sangue é moderado e não há muito gore. O diretor trabalha bem a transição entre as cenas das visões das vítimas e a realidade ao seu redor, o que pontua bem a influência dos irmãos na mente de suas vítimas. Não tomei susto algum, mas o roteiro prende bem a atenção, especialmente quando a relação dos gêmeos começa a entrar em crise e a história deles começa a ser mais explicada.

Para resumir o resumo, fiquei satisfeito com o filme e recomendo.

Nota: 8/10

Sentimentos Mortais
(Seconds Apart, Terror/Thriller, EUA/2011)
Direção: Antonio Negret; Elenco: Orlando Jones, Gary Entin e Edmund Entin
Distribuição: California Filmes

3 comentários sobre “Sentimentos Mortais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.