Sessão Cult: Re-Animator

Saudações,

Entre os tantos DVDs que estão chegando ao home vídeo e que já estão se empilhando à espera de uma resenha, resolvi abrir espaço para um cult do terror dos anos 1980: Re-Animator, que ganhou edição nacional em DVD em 2010 pela Cult Classic. Para quem é dos tempos do terror em VHS, este é um ótimo exemplar de uma safra de produções de baixo orçamento, mas que renderam muitas horas de diversão aos fãs.

Re-Animator é uma produção de 1985 dirigida por Stuart Gordon, baseada no texto original do escritor H.P. Lovecraft, produzida por Charles Band e Brian Yuzna e estrelada por Jeffrey Combs. Se estes nomes não significam nada para você neste momento, vai aqui uma lição de história do ‘lado B’ do terror no cinema com o currículo dos autores desta pérola do gênero.

Gordon é um especialista do terror B, debutando no gênero com Re-Animator (1985) e seguindo com outro cult, Do Além (1986), também estrelado por Combs. Em seguida, o cineasta lançou Bonecas Macabras (1987), O Poço e o Pêndulo (1991), Castelo Maldito (1995, também com Combs), Dagon (2001, também inspirado em Lovecraft), Tratamento de Choque (2003) e Em Rota de Colisão (2007), além de dois episódios da série Masters of Horror (2005 e 2007) e um de Fear Itself (2008).

Charles Band é ninguém menos que o criador da produtora Full Moon, responsável por trocentos filmes B e trashes do terror dos últimos anos. Band trabalha como produtor, roteirista, diretor e também na trilha sonora, além de atuar. Em seu currículo, há filmes do naipe de Subspecies – A Geração Vamp (que nunca chegou ao DVD no Brasil), grande parte dos trabalhos de Gordon, as séries Puppet Master e Re-Animator, além de diversos eróticos daqueles que passavam no Cine Privé e afins.

Brian Yuzna também começou sua carreira nos tempos de Re-Animator, seu segundo trabalho. Antes de dirigir seu primeiro trabalho, Sociedade de Amigos do Diabo (1989), ele produziu Do Além e Bonecas Macabras ao lado de Charles Band – ambos filmes dirigidos por Stuart Gordon. Têm a direção de Yuzna os cults A Noiva do Re-Animator (1990), A Volta dos Mortos-Vivos 3 (1993), O Dentista (1996), Faust – Pesadelo Eterno (2000) e Re-Animator – Fase Terminal (2003), entre outros.

Já Jeffrey Combs é uma figura carismática e conhecida pelos fãs do terror. Além de protagonizar a trilogia Re-Animator, ele está em dezenas de produções, como O Poço e o Pêndulo, O Monstro Canibal, Necronomicon, Os Espíritos, A Casa da Colina, Abominável, Exorcismo – A Execução, a série The 4400, Sonâmbulos… A lista é longa e interessante.

Howard Phillips Lovecraft, ou H.P. Lovecraft, como é mais conhecido, é um dos mais cultuados autores norte-americanos do underground da ficção e do terror. Suas obras inspiraram nada menos que 107 produções, para os mais diversos formatos e mídias. Como a história de Lovecraft é longa e há muitas fontes a serem consideradas, foco especificamente no texto que deu origem a Re-Animator. Escrito entre 1921 e 1922, Herbert West-Re-Animator seria uma espécie de paródia ao clássico de Mary Shelley, Frankenstein, e foi escrito por H.P. sob encomenda da revista Home Brew, onde o texto foi publicado de forma seriada em seis capítulos/episódios. Os relatos que encontrei indicam que cada parte da trama rendeu US$ 5 a Lovecraft.

Com tanta informação sobre a produção, faltou falar da história do filme. Herbert West (Combs) é um cientista que trabalha como assistente de um grande pesquisador europeu em uma universidade. Eles trabalham em uma fórmula para trazer tecido morto de volta à vida e West está muito perto de conseguir realizar isso.


Depois da estranha morte de seu tutor, Herbert vai para a Universidade de Miskatonic, nos EUA, onde passa a fazer parte da equipe de pesquisa do Dr. Carl Hill, um médico de caráter duvidoso que está atrás de fama e poder. Ao saber da criação de West, passa a assediar o rapaz, que está morando com outro médico da equipe, Dan Cain (Bruce Abbott).


Cain é um residente da universidade e namora Megan (Barbara Crampton), a filha do reitor. Ele aluga um quarto para o recém-chegado, que passa a realizar uma pesquisa paralela sobre o soro no porão da casa. Quando West finalmente chega a uma fórmula que funciona, Hill tenta colocar as mãos no invento e, daí para a frente, uma série de situações bizarras começam a acontecer, terminando em um festival de mortes, ressuscitações e muita violência.

É isso. Já escrevi demais sobre o filme. É melhor ir ver para saber. Mas fica o aviso: Re-Animator é tosco, tem efeitos que hoje são considerados trash e abusa dos corpos despedaçados, portanto, pode ser que não agrade a todos. Eu gosto muito!

Nota 10

Confira o trailer de Re-Animator abaixo:

OBS: No YouTube você pode encontrar o filme completo para ver. Eu não apoio esse tipo de compartilhamento, já que o filme está à venda nas lojas e pode ser visto também nas locadoras, em DVD.

~ por andre1979 em 27/08/2012.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: